Pegada ecológica da indústria têxtil e de vestuário

Embora a pegada ecológica seja um tópico bastante debatido na indústria de roupas e têxteis, esta pegada é ainda demasiado grande.

Mais de metade das empresas inquiridas praticamente não possui medidas para combater as mudanças climáticas. Isto enquanto este setor contribui significativamente para as emissões globais de gases de efeito estufa com 1,7 biliões de toneladas de CO2 por ano. Muitas empresas ainda usam muito pouco materiais reciclados ou produzidos de forma sustentável, consomem demasiada água e poluem fortemente ao longo de toda a sua cadeia de criação de valor.

Continuar no modo “business as usual” não é uma opção, nem para a rentabilidade do setor, nem para o planeta.

Deixe um comentário